[ editar artigo]

E-mails falsos e perigosos: 7 dicas para reconhecê-los

E-mails falsos e perigosos: 7 dicas para reconhecê-los

Se você anda irritado com o seu e-mail, pode se sentir melhor depois de ler isto: todo mundo recebe spam. É inevitável, pois nenhum sistema de antispam é perfeito.

Sim, infelizmente, isso significa que invariavelmente uma mensagem frauduenta e falsa entrará na sua caixa de entrada. Não fique bravo por causa disso. Apenas tome precauções, faça as escolhas certas e sorria.

Para empresas, o cenário é ainda pior. Você consegue imaginar o que o clique em um link ou anexo perigoso pode causar? Não é exagero dizer que as perdas financeiras e intelectuais podem ser astronômicas.

Mas como você pode detectar um e-mail perigoso e falso?

1. O endereço do remetente está errado ou é suspeito

Verifique se o endereço do remetente está correto. Os cibercriminosos enganam você através de pequenas coisas, de detalhes. Às vezes, é apenas uma letra que faz a diferença e o que deve ser example@chase.com se torna example@chaase.com.

2. Links e botões call to action podem ser perigosos

Nunca clique em um link ou botão call to action imediatamente. O call to action é um botão geralmente de cores chamativas que vai pedir para você fazer alguma ação. Quando você passar o mouse por cima deles (sem clicar), dê uma olhada e examine o endereço que aparece na parte inferior do seu navegador. Verifique se esse endereço parece real e autêntico. Se eles forem diferentes ou se você não reconhecer o endereço, não clique.

3. Anexos podem ser ainda mais perigosos

É estritamente proibido (sim, proibido) abrir imediatamente um anexo que você não esperava. Se é de alguém desconhecido então, não pense duas vezes: exclua o e-mail. Se for de alguém conhecido ou de uma organização com a qual você faz negócios, verifique o e-mail antes de abrir o arquivo. Se necessário, entre em contato com o remetente para confirmar se o e-mail é legítimo.

4. Erros de ortografia e gramática indicam fraudes

Esta é uma dica rápida. Desconfie de e-mails repletos de erros ortográficos ou gramaticais. Provavelmente, alguém de outro país que não seja o seu está tentando te ludibriar para, em seguida, tirar vantagem de você e de sua organização.

5. Ofertas milagrosas e super lucrativas não existem

Se você receber um e-mail com promessas de grandes lucros e pouco investimento, lamento dizer isso, mas provavelmente não é verdade. A web está cheia de fraudes sobre heranças, prêmios de loteria e ótimos investimentos. Cuidado!

6. Preste atenção em como as pessoas que você conhece escrevem

Contas podem ser hackeadas e assinaturas podem ser copiadas. Portanto, você deve ter cuidado com e-mails que não se parecem com os e-mails que você geralmente recebe de uma pessoa específica, como o gerente do seu banco. Preste atenção no modo como o e-mail foi escrito e na assinatura.

7. Desconfie de e-mails urgentes e de solicitações de informações confidenciais

Basta pensar sobre isso: se um problema é urgente e tem prioridade máxima, geralmente é resolvido pessoalmente ou por telefone. Não acredite em todos os e-mails recebidos com o assunto “o mais rápido possível”, “o mais breve possível”, “ASAP” (As Soon As Possible) ou que exijam a partilha de dados importantes. Esse é um sinal de fraude.

Fonte: Gatefy 

ConfraTech
Vicente Eduardo Troiano Neto
Vicente Eduardo Troiano Neto Seguir

Analista de marketing e redator da Gatefy. Somos uma empresa de Cybersegurança com foco em soluções rápidas e efetivas.

Ler matéria completa
Indicados para você